Echinodermata

março 26th, 2012

 

Os equinodermos desenvolveram um esqueleto interno, ausente em todos os outros grupos de invertebrados, formado por placas calcarias porosas e preenchidas por tecido vivo. Esta característica e a deuterostomia (blastômero formando o orifício anal) os aproxima dos cordados.
Atualmente esses invertebrados são agrupados em dois subfilos Crinozoa e Asterozoa. O subfilo Crinozoa possui apenas uma classe, Crinoidea. Já o subfilo Asterozoa abrange todas as outras classes: Holothuroidea, Echinoidea, Asteroidea, Ophiuroidea E a Concentricycloidea.
Os equinodermos são animais bentônicos marinhos, exemplo temos as estrelas-do-mar, ouriços-do-mar e bolachas-da-praia. Das 7.000 especies conhecidas, 329 são encontradas no Brasil.

 

 

Bolacha-da-praia Mellita quinquiesperforata (Echinodermata da classe echinoidea)

Bolacha-da-praia (Mellita quinquiesperforata) Echinodermata da classe Echinoidea

 

 

Os equinodermos desenvolveram um esqueleto interno, ausente em todos os outros grupos de invertebrados, formado por placas calcarias porosas e preenchidas por tecido vivo. Esta característica e a deuterostomia (blastômero formando o orifício anal) os aproxima dos cordados.

Atualmente esses invertebrados são agrupados em dois subfilos Crinozoa e Asterozoa. O subfilo Crinozoa possui apenas uma classe, Crinoidea. Já o subfilo Asterozoa abrange todas as outras classes: Holothuroidea, Echinoidea, Asteroidea, Ophiuroidea E a Concentricycloidea.

Os equinodermos são animais bentônicos marinhos, exemplo temos as estrelas-do-mar, ouriços-do-mar e bolachas-da-praia. Das 7.000 especies conhecidas, 329 são encontradas no Brasil.

 

 

Trackback URI | Comments RSS

Deixe sua opinião