Água de lastro

junho 16th, 2009

Água de Lastro

 agua_de_lastro

www.meioambienteurgente.blogger.com.br

 

A água de lastro é a água armazenada em tanques nos porões dos navios para dar peso e estabilidade, mantendo a segurança e eficiência operacional, especialmente quando o navio não está carregado. Ela é transportada de uma localidade para outra, levando junto espécies exóticas que podem causar danos aos ecossistemas marinhos, à saúde humana, à biodiversidade e às atividades pesqueiras.
Grande parte das espécies marinhas possui um ciclo de vida que inclui estágios planctônicos e, além desses organismos, bactérias, espécies totalmente planctônicas e pequenos invertebrados são carregados com a água do local onde os navios enchem os tanques para outros portos, quando os tanques são esvaziados.

 

lastro5

www.portodesantos.com.br

O ambiente dentro dos tanques de lastro pode ser inóspito aos organismos e mesmo aqueles que conseguem sobreviver e são descarregados, possuem chances reduzidas de sobrevivência nas novas condições ambientais.
Porém, algumas espécies conseguem se estabelecer no ambiente invadido e tornam-se capazes de ocupar o espaço de organismos residentes. São mais suscetíveis a esse processo, portos situados em áreas protegidas, como baías e estuários, além de portos de carga ou descarga ecologicamente semelhantes.
As espécies exóticas que se fixam em novos ambientes, geralmente, ficam livres dos predadores naturais, podendo alterar o equilíbrio ecológico local, e causar impactos negativos na pesca, na aquicultura e em outras atividades econômicas.
A International Maritime Organization da ONU estima que em 1939, 497 espécies exóticas haviam sido introduzidas em ecossistemas de todo o mundo. Entre 1980 e 1998, esse número subiu para 2.214 espécies.
Para controlar os problemas causados pela água de lastro, diversos métodos vêm sendo testados como alternativa: Troca de lastro em alto mar (Considerado o método mais efetivo na prevenção de introduções biológicas), Método Seqüencial (Trata-se de operações em seqüência do deslastreamento total do tanque e subseqüente lastreamento), Método de Transbordamento (ocorre através do bombeamento da água durante certo tempo e fazendo transbordar o excesso pela parte superior do navio), Método do Fluxo Contínuo (troca do lastro sem esvaziar os tanques, enchendo-os ao mesmo tempo com água limpa numa quantidade três vezes maior ao volume do tanque), Método Brasileiro de Diluição (carregamento da água de lastro a partir do topo do tanque e, simultaneamente, a descarga dessa água no fundo do tanque).

 

Referências Bibliográficas:
http://www.ambientebrasil.com.br/composer.php3?base=./agua/salgada/index.html&conteudo=./agua/salgada/artigos/aguadelastro.html
http://www.portodesantos.com.br/qualidade/lastro.html
http://www.anvisa.gov.br/DIVULGA/public/paf/agua_lastro3.pdf
http://zoo.bio.ufpr.br/invasores/outros.htm

5 Respostas em “Água de lastro”

  1. alexandre talebon 01 out 2009 at 13:07

    Prezado
    Gostei do seu blog!
    Abs
    Alexandre Taleb
    Consultor de Imagem
    http://ataleb.wordpress.com
    E-mail: alexandre@alexandretaleb.com.br

  2. lindinalvaon 24 fev 2010 at 15:20

    Achei muito interessante as informações sobre “Agua de Lastro”, eu desconhecia a existência, porém fiquei supresa com o que li.

  3. Arquimedes Andradeon 23 jun 2010 at 11:37

    A matéria é muito mais importante do que imaginamos. O conteúdo deveria ser mais empregado pelos orgaos oficiais de saúde pública.

    Arquimedes Andrade
    Especialista Aguas Industriais.

  4. FRANCISCO TAPAJÓSon 02 ago 2011 at 10:42

    ÉÉÉÉÉÉGUA MUITO LEGAL ESSE BLOG PARABÉNS
    BELÉM PARÁ BRASIL .

  5. helio constantino da silvaon 01 out 2011 at 11:57

    Muito importante o artigo, sobretudo pela matéria que trata, o meio ambiente de hoje que preservamos, será aquele que será utilizado pelas futuras gerações, sejamos menos egoístas, e cuidemos mais de nossa mãe natureza, água de lastro, causa problema não so para o ecossistema, mas para toda a natureza.

Trackback URI | Comments RSS

Deixe sua opinião