Macrobrachium acanthurus

novembro 17th, 2008

Classificação

Reino: Animalia

Filo: Arthropoda

Subfilo: Crustacea 

Classe: Malacostraca

Ordem: Decapoda

Subordem: Pleocyemata

Família: Palaemonidae

Gênero: Macrobrachium

Espécie: Macrobrachium acanthurus

 

 

Descrição da espécie

Espécie tipicamente dulcícola que invade ambientes de água salobra (mesoalinas e oligoalinas), principalmente em rios costeiros. Habitam os fundos lodosos.

O rostro é quase reto em machos adultos, ultrapassando o extremo do escafocerito, sua borda dorsal tem de 8 a 11 dentes regularmente espaçados. Geralmente apresenta 2 dentes atrás da órbita. Borda ventral do rosto com 4 a 8 dentes. Pereópodos do 2º par iguais entre si, delgados e mais largos que o corpo do macho adulto. Comprimento da palma 4 a 6 vezes a sua altura. Dedos delgados e apenas mais curtos que a palma, cobertos por uma densa protuberância de cor marrom escuro. As espinhas posterolaterais internas ultrapassam o extremo, bastante grosso, do télson.

 


Distribuição Geográfica

Desde a Carolina do Norte até o Rio Grande do Sul (Brasil).


Distribuição local 

Ocorre no estado de Sergipe. 

 


Nome Popular

Pitu, camarão de água doce, camarão canela.

 


Importância Econômica

É capturado manualmente ou com pequenas redes e é consumido localmente.

 

 

Texto produzido por: Juliana F. V. Munduruca

 

 


Referências Bibliográficas:

 

CERVIGÓN, F.; CIPRIANI, R.; FISCHER, W.; GARIBALDI, L.; HENDRICKX, M.; LEMUS, A. J.; MÁRQUES, R.; POUTIERS, J. M.; ROBAINA, G. & RODRIGUEZ, B. Guia de campo de las especies comerciales marinas y de aguas salobres de la costa septentrional de Sur America. Roma: Organizacion de las Naciones Unidas para la agricultura y la alimentacion, 1992.

 

 MASTALLER, M. Resumo da literatura sobre conceitos do uso de áreas de mangue, com referência especial para a aqüicultura artesanal. IBAMA

 

 RUPERT, E. E. & BARNES, R. D. Zoologia dos invertebrados. 6. ed. São Paulo: Roca, 1996.

VOLTAR

Trackback URI | Comments RSS

Deixe sua opinião