Rio São Francisco

novembro 2nd, 2008

 

 

 

rio-sao-francisco1

 


Nome
Vulgar: Velho Chico
 

 Origem do Nome: O rio São Francisco foi descoberto no dia 4 de outubro de 1501 – dia de São Francisco de Assis – pelos navegadores Américo Vespúcio e Gaspar Lemos.

Área da Bacia: Sua bacia, com área de 631.133 km2, corresponde a 7,4% do território brasileiro e se situa nos estados de Minas Gerais, Goiás, Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco além do Distrito Federal. A nascente localiza-se na serra da Canastra, no sul de Minas Gerais. Deságua no oceano Atlântico, entre os estados de Sergipe e Alagoas, depois de percorrer aproximadamente 2.700 km em direção norte e exclusivamente em território brasileiro. 
 

Localização Geográfica:A bacia situa-se entre as latitudes 21° e 7° Sul e longitudes 48° e 36° Oeste, sendo dividida em 4 regiões geográficas: alto, médio, sub-médio e baixo. Em razão de sua grande extensão, a bacia apresenta características geográficas e climáticas bastante variáveis.


Descarga e Vazão: A descarga média anual é de 100 x 109 m3, o que dá a vazão média de 3.150 m3/s.


População, Área e Divisão Municipal: A bacia do São Francisco abrange 7 Unidades da Federação, estando localizada, 83% de sua área, nos estados de Minas Gerais e Bahia, 16% nos estados de Pernambuco, Sergipe e Alagoas e apenas 1% no estado de Goiás e no Distrito Federal. Mais da metade da área do Vale, 58%, está situada no Polígono das Secas, sendo que a parte incluída no estado da Bahia ocupa a maior extensão dentro do Polígono. Dos 463 municípios contidos em sua área de abrangência, 382 tem a totalidade de sua área no Vale, sendo 232 pertencentes também ao Polígono das Secas. Conforme informações do Censo de 1991, cerca de 14 milhões de pessoas habitam a região, o que equivale a 31% da população total das sete unidades federativas abrangidas.

  

Principais Utilizações: Seus usos atuais são principalmente:

  • geração de energia elétrica
  • irrigação
  • abastecimentos urbano e industrial
  • navegação
  • pescas profissional e esportiva
  • extração de pedras preciosas, areia
  • esgotos industrial e urbano

 


Principais Afluentes:
O rio possui 36 afluentes de porte significativo, dos quais apenas 19 são perenes. Os principais afluentes estão na margem esquerda: rios Abaeté, Paracatu, Urucuia, Carinhanha, Corrente e Grande. Na margem direita encontram-se os rios Pará, Paraopeba, das Velhas e Verde Grande. Os principais afluentes estão no estado de Minas Gerais que fornece cerca de 70% da água do rio, num percurso aproximado de 700 km, com área de drenagem de 243.000 km2 o que corresponde a 41% da área do estado.

 

Usinas/ Barragens Hidrelétricas: Estão instaladas na bacia do São Francisco as seguintes usinas hidrelétricas, entre pequenas e grandes: Cajuru, Conselheiro Mata, Gafanhoto, Pandeiros, Paraúna, Rio das Pedras, Três Marias, Sobradinho, Itaparica, Moxotó, Paulo Afonso e Xingó. As sete primeiras estão localizadas no alto São Francisco e as restantes no sub-médio e baixo. Cerca de 1/4 da área represada por barragens hidrelétricas no Brasil localiza-se na bacia do São Francisco. Ao acumularem água durante a estação chuvosa, estas represas alteraram grandemente a vazão normal do rio e de seus tributários. O potencial hidroenergético total é de 19.313 MW, sendo 8.630,5 MW instalados, 5.010 MW em construção e 5.672,2 MW remanescentes. 

  

barragem xingo - sf

Barragem de Xingó em: www.semarh.se.gov.br

Curiosidades: Há a música "Sobradinho" de Sá e Guarabira que é muito interessante e fala sobre o Rio São Francisco, a construção de barragens e suas consequências! 


rio20sao20francisco20bacia

Fonte: Aqua

 

Texto feito por: Juliana F. V. Munduruca

 

Referências Bibliográficas:

Informações gerais sobre a bacia. Disponível em: www.cnpm.embrapa.br/ projetos/sf/. Acessado em: 10/10/02.
Peixes e pesca no Rio São Francisco. Disponível em:
http://www.sfrancisco.bio.br/links.htm. Acessado em: 10/10/02
Brasil Visto do Espaço. Disponível em:
http://www.cdbrasil.cnpm.embrapa.br/ne/htm1/ne10_11.htm. Acessado em: 10/10/02

 

2 Respostas em “Rio São Francisco”

  1. Alagoanoon 15 set 2010 at 0:07

    O nosso velho Chico, é vital na vida dos brasileiros, intima-
    mente para o nordeste, com suas águas que mata sede,
    gera energia, irriga riquezas, tira a pesca, emfim é uma
    grande benção. Quanto a transposição, se faz necessário
    mais estudos e muita responsabilidade. Pois, no verão as
    águas baixam consideravelmente, principalmente entre o estados de Sergipe e Alagoas. Precisa-se fazer assoriamen-
    to com urgência, para garantir-mos essa imensa riqueza
    que é o nosso querido VELHO CHICO.

  2. dayon 20 set 2012 at 9:58

    o rio sao francisco e a nossa vida nao desperdicie agua

Trackback URI | Comments RSS

Deixe sua opinião